O Riso é a Linguagem do Amor






Quer conhecer melhor alguém de quem gosta? Ou, se no seu caso é mais directo, quer seduzir alguém?

Então faça rir essa pessoa.

O riso é uma das melhores motivações para comunicar e ligar-se ao outro. Deixa-nos à vontade, confiantes e confortáveis perante a situação que estamos a viver. Se uma pessoa nos faz rir automaticamente gostamos dela. Gera-se uma empatia natural.

Quando queremos ter uma nova amizade ou um relacionamento a curto ou longo prazo o riso é o primeiro ponto de encontro.

Um sorriso diz; Gosto de ti. Sinto-me bem ao pé de ti.

Sendo assim, se conhecemos melhor a pessoa de quem gostamos e damos início a uma relação e o riso a capacidade de rir com o parceiro será uma das características que nos cativa e que ajudará a dar continuidade duma forma saudável a todo o relacionamento.

Rir sincroniza os seres humanos, evita conflitos, gera maior cumplicidade, intimidade, harmonia, equilíbrio e estabilidade. E para uma relação funcionar tudo isso é importante.

Relações amorosas com riso são mais duradouras pois “achar graça” ao outro e rir com ele são momentos que queremos repetir e manter nas nossas vidas. Todos gostamos de estar em boa companhia e divertirmo-nos.

Rir com o parceiro é tão importante que quando isso se perde pode-se estar a perder algo mais para com a pessoa.
Se a sua relação está a atravessar um momento menos fácil procure ao ser amado e ria, simplesmente ria com ele, por tudo e por nada. Voltem a um ponto onde partilhavam o riso.

Ficarão conectados de novo e tudo voltará ao normal.

Partilhar emoções positivas também é muito importante. Hoje em dia temos pouco tempo para passar com os seres queridos. Temos agendas muito cheias. Temos, por isso, de procurar momentos divertidos, únicos e diferentes. O riso desperta a criatividade e isso ajudará sem dúvida a que a relação não entre em monotonia e rotina.

Uma relação emocional dá trabalho, é um trabalho permanente. O que é bom, porque quer dizer que estamos atentos ao outro, as necessidades dele e as nossas próprias necessidades. Quando encontramos uma pessoa com a que temos imensas afinidades, uma delas o riso, é importante dedicar tempo a essa pessoa.

Partilho aqui a opinião de uma amiga que também se dedica ao riso e ao humor.

 “O riso e o humor em comunicação, num relacionamento amoroso, são uma porta aberta de brilho entre duas pessoas. Traz uma dimensão de vitalidade, traz mais cumplicidade e na verdade é uma forma de seduzir – no sentido que atrai e aproxima.
O encontro amoroso com a perspectiva de entrar no humor e no riso do outro, traz uma alegria acrescida. É como um bónus de vida.
A dor também atrai. Duas pessoas que se identificam na mesma dor, também estão em plena união. O sofrimento é outra questão. Mas a alegria que o humor provoca desde esta sintonia, prolonga-se no tempo e na memória. Até em tempos mais tensos ou conflituosos, esta sensação está presente.

O riso e o humor são bons para o amor e o amor bom para o riso e para o humor!”

Nós somos criadores da nossa realidade. Somos nós que escolhemos como nos queremos sentir com as situações. Se escolhemos rir com essas situações estamos a escolher o caminho certo pois nos sentiremos bem connosco próprios e com as pessoas que nos rodeiam. E isto é fundamental para criar uma relação equilibrada e duradoura.

O riso é o mestre do amor incondicional. Vamos rir, de preferência juntos J


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Congresso "Rir é Saúde" 2ª Edição - Lisboa 2017

Cursos Básicos e Curso de Líder de Riso - Lisboa - Porto 2017 - Congresso